Graham Knop > local-lib-2.000_000 > local::lib~[pt_br]

Download:
local-lib-2.000_000.tar.gz

Annotate this POD

CPAN RT

Open  0
Stalled  1
View/Report Bugs
Source   Latest Release: local-lib-2.000013

NAME ^

local::lib~[pt_br] - crie e use um diretório lib/ local para módulos perl com PERL5LIB

SINOPSE ^

No código -

  use local::lib; # configura um lib local em ~/perl5

  use local::lib '~/foo'; # idem, mas ~/foo

  # Ou...
  use FindBin;
  use local::lib "$FindBin::Bin/../suporte";  # bibliotecas de suporte locais à aplicação

Pela linha de comando (shell) -

  # Instala o LWP e suas dependências não encontradas no diretório '~/perl5'
  perl -MCPAN -Mlocal::lib -e 'CPAN::install(LWP)'

  # Apenas exibe alguns comandos úteis para a shell
  $ perl -Mlocal::lib
  export PERL_MB_OPT='--install_base /home/username/perl5'
  export PERL_MM_OPT='INSTALL_BASE=/home/username/perl5'
  export PERL5LIB='/home/username/perl5/lib/perl5/i386-linux:/home/username/perl5/lib/perl5'
  export PATH="/home/username/perl5/bin:$PATH"

A técnica de 'bootstrapping'

Uma forma comum de instalar o local::lib é usando o que é conhecido como técnica de "bootstrapping". É uma boa abordagem caso seu administrador de sistemas não tenha instalado o local::lib. Nesse caso, você precisará instalar o local::lib em seu diretório de usuário.

Caso você tenha privilégios de administrador, ainda assim deverá configurar suas variáveis de ambiente, como discutido no passo 4, abaixo. Sem elas, você ainda instalará módulos no CPAN do sistema e seus scripts Perl não utilizarão o caminho para o lib/ que você definiu com o local::lib.

Por padrão, o local::lib instala os módulos do CPAN e a si próprio em ~/perl5.

Usuários do Windows devem ler "Diferenças ao usar esse módulo em Win32".

1. Baixe e descompacte o local::lib do CPAN (procure por "Download" na página do CPAN sobre o local::lib). Faça isso como um usuário comum, não como root ou administrador. Descompacte o arquivo em seu diretório de usuário ou em qualquer outro local conveniente.

2. Execute isso:

  perl Makefile.PL --bootstrap

Caso o sistema pergunte se deve configurar tudo que puder automaticamente, você provavelmente deve responder que sim (yes).

Para instalar o local::lib em um diretório que não o padrão, você precisará especificá-lo ao chamar o bootstrap, da seguinte forma:

  perl Makefile.PL --bootstrap=~/foo

3. Execute isso: (local::lib assume que você possui o comando 'make' instalado em seu sistema)

  make test && make install

4. Agora precisamos configurar as variáveis de ambiente apropriadas para que o Perl use nosso recém-criado diretório lib/. Caso esteja usando bash ou outra shell Bourne, você pode fazer isso adicionando a seguinte linha em seu script de inicialização da shell:

  echo 'eval $(perl -I$HOME/perl5/lib/perl5 -Mlocal::lib)' >>~/.bashrc

Caso esteja usando a shell C, pode fazer da seguinte forma:

  /bin/csh
  echo $SHELL
  /bin/csh
  perl -I$HOME/perl5/lib/perl5 -Mlocal::lib >> ~/.cshrc

Caso tenha passado para o bootstrap um diretório que não o padrão, você precisará indicá-lo na chamada ao local::lib, dessa forma:

  echo 'eval $(perl -I$HOME/foo/lib/perl5 -Mlocal::lib=$HOME/foo)' >>~/.bashrc

Após atualizar seu arquivo de configuração da shell, certifique-se de processá-lo novamente para obter as modificações em sua shell atual. Shells Bourne usam . ~/.bashrc para isso, enquanto shells C usam source ~/.cshrc.

Se estiver em uma máquina lenta ou operando com grandes limitações de espaço em disco, você pode desativar a geração automática de manpages a partir do POD ao instalar módulos. Para isso, basta passar o argumento --no-manpages durante o bootstrap:

  perl Makefile.PL --bootstrap --no-manpages

Para evitar ter que fazer vários bootstraps para vários ambientes de módulos Perl na mesma conta de usuário - por exemplo se você usa o local::lib para desenvolver diferentes aplicativos independentes - você pode utilizar uma única instalação bootstrap do local::lib para instalar módulos em diretórios diferentes da seguinte forma:

  cd ~/meudir1
  perl -Mlocal::lib=./
  eval $(perl -Mlocal::lib=./)  ### Para configurar o ambiente apenas nessa shell
  printenv                      ### Veja que o ~/meudir1 está na PERL5LIB
  perl -MCPAN -e install ...    ### Os módulos que quiser
  cd ../meudir2
  ... REPITA ...

Para múltiplos ambientes destinados a múltiplos aplicativos, você pode precisar incluir uma versão modificada das instruções de use FindBin no exemplo "No código" acima. Caso tenha feito algo como o que foi descrito acima, terá um conjunto de módulos Perl em ~/meudir1/lib. Caso tenha um script em ~/meudir1/scripts/meuscript.pl, você precisará indicar a ele onde encontrar os módulos que instalou para ele em ~/meudir1/lib.

Em ~/meudir1/scripts/meuscript.pl:

  use strict;
  use warnings;
  use local::lib "$FindBin::Bin/..";  ### aponta para ~/meudir1 e o local::lib acha o lib/
  use lib "$FindBin::Bin/../lib";     ### aponta para ~/meudir1/lib

Coloque isso antes de qualquer bloco BEGIN { ... } que precise dos módulos instalados.

Diferenças ao usar esse módulo em Win32

Para configurar as variáveis de ambiente apropriadas para sua sessão atual do CMD.exe, você pode fazer assim:

  C:\>perl -Mlocal::lib
  set PERL_MB_OPT=--install_base C:\DOCUME~1\ADMINI~1\perl5
  set PERL_MM_OPT=INSTALL_BASE=C:\DOCUME~1\ADMINI~1\perl5
  set PERL5LIB=C:\DOCUME~1\ADMINI~1\perl5\lib\perl5;C:\DOCUME~1\ADMINI~1\perl5\lib\perl5\MSWin32-x86-multi-thread
  set PATH=C:\DOCUME~1\ADMINI~1\perl5\bin;%PATH%

  ### Para configurar o ambiente apenas dessa shell
  C:\>perl -Mlocal::lib > %TEMP%\tmp.bat && %TEMP%\tmp.bat && del %TEMP%\temp.bat
  ### em vez de $(perl -Mlocal::lib=./)

Caso queira que as configurações do ambiente persistam, você precisará adicioná-las em Painel de Controle -> Sistema, ou usar o App::local::lib::Win32Helper.

O "~" é transformado no diretório do perfil do usuário (o diretório com o nome do usuário dentro de "Documents and Settings" (Windows XP ou anterior) ou "Usuários" (Windows Vista e mais recentes)) a menos que $ENV{HOME} exista. Após isso, o nome do diretório é encurtado e os subdiretórios são criados (o que significa que o diretório deve existir).

MOTIVAÇÃO ^

A versão de um pacote Perl na sua máquina nem sempre é a que você precisa. Obviamente, a melhor coisa a fazer seria atualizá-la para a versão desejada. No entanto, você pode estar em uma situação que o impede de fazer isso. Talvez você não tenha privilégios de administrador do sistema; ou talvez esteja usando um sistema de gerenciamento de pacotes como o do Debian, e ainda não exista um pacote disponível na versão desejada.

local::lib resolve esse problema possibilitando a criação de seu próprio diretório de pacotes Perl obtidos do CPAN (em sistemas multi-usuário, isso normalmente fica dentro do diretório de seu usuário). A instalação do Perl no sistema permanece inalterada; você simplesmente chama o Perl com opções especiais para que ele use os pacotes em seu diretório local em vez dos pacotes do sistema. O local::lib organiza as coisas para que versões dos pacotes Perl instalados localmente tenham precedência sobre as do sistema.

Caso esteja usando um sistema de gerenciamento de pacote (como em sistemas Debian), não precisará se preocupar com conflitos entre o Debian e o CPAN. Sua versão local dos pacotes será instalada em um diretório completamente diferente das versões instaladas pelo gerenciador de pacotes do sistema.

DESCRIÇÃO ^

Este módulo oferece uma forma rápida e conveniente para criar um repositório de módulos locais ao usuário, dentro do diretório do mesmo. Ele também monta e exibe para o usuário uma lista de variáveis de ambiente utilizando a sintaxe da shell atual do usuário (conforme especificado pela variável de ambiente SHELL), pronta para ser adicionada diretamente no arquivo de configuração da shell.

Generalizando, o local::lib permite a criação e uso de um diretório contendo módulos Perl fora do @INC do Perl. Isso facilita a produção de aplicações com uma versão específica de determinado módulo, ou coleção de módulos. Também é útil quando o mantenedor de um módulo não aplicou determinado patch que você precisa para seu aplicativo.

Durante o import, o local::lib define valores apropriados para as seguintes variáveis de ambiente:

PERL_MB_OPT
PERL_MM_OPT
PERL5LIB
PATH

valores serão anexados ao PATH, em vez de substituí-lo.

Esses valores são então disponibilizados para referência por qualquer outro código após o import.

CRIANDO UM CONJUNTO AUTO-CONTIDO DE MÓDULOS ^

Veja lib::core::only para uma maneira de fazer isso - mas note que há uma série de ressalvas na abordagem, e a melhor forma é sempre fazer o 'build' contra uma versão limpa do perl (i.e. com 'site' e 'vendor' o mais vazios possível).

MÉTODOS ^

ensure_dir_structure_for

Argumentos: $caminho_do_diretorio
Valor de Retorno: Nenhum

Tenta criar o caminho fornecido, e todos os diretórios superiores necessários. Gera uma exceção em caso de falha.

print_environment_vars_for

Argumentos: $caminho_do_diretorio
Valor de Retorno: Nenhum

Exibe na saída padrão as variáveis listadas acima, devidamente ajustadas para utilizar o caminho fornecido como diretório base.

build_environment_vars_for

Argumentos: $caminho_do_diretorio, $interpolar
Valor de Retorno: %variaveis_de_ambiente

Retorna hash contendo as variáveis de ambiente listadas acima, devidamente ajustadas para utilizar o caminho fornecido como diretório base.

setup_env_hash_for

Argumentos: $caminho_do_diretorio
Valor de Retorno: Nenhum

Constrói as chaves no %ENV para o caminho fornecido, chamando build_environment_vars_for.

install_base_perl_path

Argumentos: $caminho_do_diretorio
Valor de Retorno: $caminho_base_de_instalacao

Retorna um caminho de diretório indicando onde instalar os módulos Perl para essa instalação local de bibliotecas. Adiciona os diretórios lib e perl5 ao final do caminho fornecido.

install_base_arch_path

Argumentos: $caminho_do_diretorio
Valor de Retorno: $caminho_base_de_instalacao_arch

Retorna um caminho de diretório indicando onde instalar os módulos Perl de arquiteturas específicas para essa instalação local de bibliotecas. Baseia-se no valor de retorno do método "install_base_perl_path", adicionando o valor de $Config{archname}.

install_base_bin_path

Argumentos: $caminho_do_diretorio
Valor de Retorno: $caminho_base_de_instalacao_bin

Retorna um caminho de diretório indicando onde instalar programas executáveis para essa instalação local de bibliotecas. Baseia-se no valor de retorno do método "install_base_perl_path", adicionando o diretório bin.

resolve_empty_path

Argumentos: $caminho_do_diretorio
Valor de Retorno: $caminho_base_de_instalacao

Cria e retorna o caminho de diretório raiz em que a instalação local de módulos deve ser feita. O padrão é ~/perl5.

resolve_home_path

Argumentos: $caminho_do_diretorio
Valor de Retorno: $caminho_para_home

Procura pelo diretório padrão (home) do usuário. Caso esteja instalado, utiliza o File::HomeDir para isso. Gera uma exceção caso não encontre resultado definitivo.

resolve_relative_path

Argumentos: $caminho_do_diretorio
Valor de Retorno: $caminho_absoluto

Transforma o caminho fornecido em um caminho absoluto.

resolve_path

Argumentos: $caminho_do_diretorio
Valor de Retorno: $caminho_absoluto

Invoca os seguintes métodos em sequência, passando o resultado do método anterior para o seguinte, na tentativa de descobrir onde configurar o ambiente para a instalação local de bibliotecas: "resolve_empty_path", "resolve_home_path", "resolve_relative_path". Passa o caminho de diretório fornecido para "resolve_empty_path" que retorna um resultado que é passado para "resolve_home_path", que então tem seu resultado passado para "resolve_relative_path". O resultado dessa chamada final é então retornado pelo "resolve_path".

UM AVISO SOBRE UNINST=1 ^

Tenha cuidado ao usar o local::lib em conjunto com "make install UNINST=1". A idéia dessa opção é desinstalar a versão anterior de um módulo antes de instalar a mais recente. No entanto ela não possui uma verificação de segurança de que a versão antiga e a nova referem-se ao mesmo diretório. Usada em combinação com o local::lib, você pode potencialmente apagar uma versão globalmente acessível de um módulo e instalar a versão mais nova no diretório local. Apenas utilize "make install UNINST=1" junto com o local::lib se você entende essas possíveis consequências.

LIMITAÇÕES ^

As ferramentas auxiliares do perl não conseguem lidar com nomes de diretórios contendo espaços, então não é possível fazer seu bootstrap do local::lib em um diretório com espaços. O que você pode fazer é mover seu local::lib para um diretório com espaços após ter instalado todos os módulos dentro dele. Mas esteja ciente que você não poderá atualizar ou instalar outros módulos do CPAN nesse diretório local após a mudança.

A detecção da shell é relativamente básica. Neste momento, qualquer coisa com csh no nome será tratada como a C shell ou compatível, e todo o resto será tratado como Bourne, exceto em sistemas Win32. Caso a variável de ambiente SHELL não esteja disponível, assumiremos tratar-se de uma shell compatível com a Bourne.

A técnica de bootstrap é um hack e usará o CPAN.pm para o ExtUtils::MakeMaker mesmo que você tenha o CPANPLUS instalado.

Destrói qualquer valor pré-existente nas variáveis de ambiente PERL5LIB, PERL_MM_OPT e PERL_MB_OPT.

Provavelmente deveria auto-configurar o CPAN caso isso ainda não tenha sido feito.

Correções (patches) são muito bem-vindos para quaisquer dos itens acima.

Em sistemas Win32, não há uma forma de escrever no registro as variáveis de ambiente criadas, para que elas persistam a uma reinicialização.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS ^

Se você configurou o local::lib para instalar módulos do CPAN em algum lugar do seu 'home', e mais tarde tentou instalar um módulo fazendo cpan -i Foo::Bar, mas ele falhou com um erro como: Warning: You do not have permissions to install into /usr/lib64/perl5/site_perl/5.8.8/x86_64-linux at /usr/lib64/perl5/5.8.8/Foo/Bar.pm e em algum lugar no seu log de instalação houver um erro dizendo 'INSTALL_BASE' is not a known MakeMaker parameter name, então você de alguma forma perdeu seu ExtUtils::MakeMaker atualizado.

Para remediar a situação, execute novamente o procedimento de bootstrap descrito acima.

Então, execute rm -r ~/.cpan/build/Foo-Bar*

Finalmente, execute novamente o cpan -i Foo::Bar e ele deve instalar sem problemas.

AMBIENTE ^

SHELL
COMSPEC

O local::lib procura pela variável de ambiente SHELL do usuário ao processar e exibir os comandos a serem adicionados no arquivo de configuração da shell.

Em sistemas Win32, COMSPEC também será examinado.

SUPORTE ^

IRC:

    Acesse #local-lib em irc.perl.org.

AUTOR DA TRADUÇÃO ^

Breno G. de Oliveira, <garu at cpan.org>, após ter perdido uma aposta para o Getty durante a Copa de 2010.

COPYRIGHT ^

Copyright (c) 2007 - 2010 "AUTHOR" in local::lib e "CONTRIBUTORS" in local::lib do local::lib como listados em local::lib.

LICENÇA ^

Esta biblioteca é software livre e pode ser distribuída sob os mesmo termos do perl.

syntax highlighting: